A fibra de carbono é um material sintético fabricado a partir da carbonização de fibras orgânicas. Considerada uma das tecnologias mais avançadas no mundo dos materiais, seu uso em diversos setores tem se popularizado, em especial no automotivo. Isso se dá por conta das diversas vantagens que o emprego da fibra de carbono proporciona: alta resistência, leveza e grande maleabilidade.

Entre as diversas peças que podem ser fabricadas com fibra de carbono, é possível citar o capô, o interior, o teto, a asa, os para-choques, as portas, o estribo, as capas dos espelhos retrovisores e os aros. Esse uso específico do material tem um único objetivo em comum: garantir que em caso de acidente, a fibra de carbono possa salvar a vida dos passageiros.

A resistência da fibra de carbono

Um dos principais motivos para o uso da fibra de carbono no setor automotivo é a sua resistência superior. O material é capaz de suportar até sete vezes mais que o aço e é bem mais resistente que a fibra de vidro. Com essa característica, a fibra de carbono é ideal para aumentar a segurança dos veículos em caso de colisões.

No entanto, para que a resistência seja efetiva, os componentes devem ser fabricados com as técnicas e cuidados necessários. É primordial que a fibra de carbono seja cortada corretamente e as camadas aplicadas em ângulos definidos. Caso contrário, os componentes podem apresentar fraturas em pontos específicos e a proteção do material não será efetiva.

A leveza da fibra de carbono

Outra grande vantagem da utilização de compósitos de fibra de carbono em componentes automotivos é a sua leveza. O material é muito mais leve que o aço e a fibra de vidro, o que resulta em uma redução significativa do peso total do veículo. Essa característica é importante por diversos motivos.

O primeiro deles é que quanto mais leve o carro, mais fácil ele se movimenta e menor é o consumo de combustível. Outro ponto positivo é que a leveza contribui para que o veículo tenha uma dirigibilidade melhor, uma vez que tem menos massa a ser controlada. Por fim, a leveza também melhora a resistência do carro, reduzindo o desgaste das peças.

A maleabilidade da fibra de carbono

A fibra de carbono é um material altamente maleável, o que permite que ele seja moldado em diversas formas e modelos. Isso é essencial no setor automotivo, visto que cada veículo tem características específicas e peças diferenciadas. A fibra de carbono permite que cada peça seja modelada e desenhada de acordo com as necessidades do veículo e dos passageiros.

Com o passar dos anos, a aplicação da fibra de carbono no setor automotivo tem aumentado consideravelmente. Isso se deve principalmente ao seu efeito positivo na segurança e na durabilidade dos componentes. No entanto, é importante destacar que a fabricação desses elementos deve ser feita com extrema precisão para que o benefício da resistência seja efetivo. Ainda assim, o uso da fibra de carbono é uma das tecnologias mais inovadoras e promissoras do mercado automotivo.